Área de Ciências Ambientais

Publicado em: 10 de novembro de 2015 por João Rafael Deron


A Área de Ciências Ambientais é uma das 49 Áreas de Avaliação da Capes. Ela está agregada ao Colégio de Ciências Exatas, Tecnológicas e Multidisciplinar, fazendo parte deste último juntamente com as Áreas de Biotecnologia, Ensino, Interdisciplinar e Materiais.

Segundo a Capes, a Área tem como data simbólica de criação o dia do meio ambiente, 05 de junho do ano de 2011, a partir de proposta discutida e formulada por um grupo, constituído por membros e consultores da Área Interdisciplinar, predominantemente da Câmara I – Meio Ambiente e Agrárias. Por meio da experiência de Programas de Pós-Graduação da Área Interdisciplinar da Capes, esforços foram dedicados à discussão sobre a caracterização de propostas multi e interdisciplinares e o estabelecimento de referenciais e indicadores, qualitativos e quantitativos, a serem adotados nos processos de avaliação de programas em temas compreendidos na Área de Ciências Ambientais.

Nessa direção, a importância da introdução de uma Área de Ciências Ambientais em 2011, no contexto da pós-graduação da Capes, decorreu da necessidade de se dar conta da complexidade dos problemas ambientais, face à indissociabilidade entre sistemas antrópicos e naturais que emergem no mundo contemporâneo, muitas vezes decorrente do próprio avanço dos conhecimentos científicos e tecnológicos, baseados em uma construção do saber notadamente disciplinar. A natureza complexa da problemática ambiental requer diálogos não só entre disciplinas próximas, dentro da mesma área do conhecimento, mas entre disciplinas de campos diferentes, assim como com outras formas de saber, oriundos de culturas heterogêneas. Daí a relevância de outros modos de produção de conhecimento. Diante disso, desafios teóricos e metodológicos emergem no âmbito das Ciências Ambientais.

A Área de Ciências Ambientais, portanto, não é o somatório ou a combinação entre diversas áreas da ciência – como as Ciências Humanas com as da Terra ou com as Biológicas ou, ainda, com outras formas de saber –, ou seja, é intrínseca a ela, à sua origem, à abordagem interdisciplinar, trata-se mais de uma abordagem de construção de conhecimento partindo de uma problemática/complexidade ambiental que se deseja compreender e resolver. Assim, os programas da Área quando tratam das questões ambientais, tanto nas áreas de concentração, como nas linhas de pesquisa trazem implícita a diversidade desta Área, além do diálogo e da interface com outras disciplinas.

As palavras-chave – meio ambiente, desenvolvimento, recursos naturais, ecologia, políticas públicas, planejamento, gestão, tecnologias e educação – bem como outras tão difundidas nas mais variadas disciplinas, fazem sentido nas Ciências Ambientais quando estas relevam a necessidade de uma maior interação entre sociedade e natureza.

Atualmente a Coordenação da Área de Ciências Ambientais está a cargo do Prof. Dr. Carlos Alberto Cioce Sampaio (FURB) e a Coordenadora Adjunta Profª. Dra. Jarcilene Silva de Almeida Cortez (UFPE)

A homepage da Área de Ciências Ambientais da Capes pode ser acessada aqui.

O Documento de Área se encontra disponível através do link disponível aqui.

Você também pode acessar a Avaliação dos Programas da Área de Ciências Ambientais aqui.